Monthly Archives: January 2016

Status

Eduardo Maçan

Quanto tempo, segundo o Banco Mundial, uma empresa média gasta para declarar e pagar seus impostos, todo ano. Dados de 2015, para 225 países.

No extremo esquerdo do gráfico: 12 horas/ano. No extremo direito do gráfico, o país mais tributariamente complexo do mundo, requerendo 2600 horas de trabalho por ano de cada empresa, apenas para declaração de impostos.

O pior (com 2600 horas) é justamente o Brasil. O segundo pior é a Bolívia, com 1000 horas/ano.

Se alguém quiser conferir...

http://data.worldbank.org/indicator/IC.TAX.DURS/countries/1W?order=wbapi_data_value_2015%20wbapi_data_value%20wbapi_data_value-last&sort=asc&display=default

Status

Eduardo Maçan

Rio di Janeiro è la vera "città dei piaceri", il maggiore si chiama "aria condizionata" 🙂

Status

Eduardo Maçan

Música preferida do Bowie? Não sei... Ziggy Stardust? Five Years? As The World Falls Down? Life on Mars? The man who sold the world? Absolute Beginners? Starman? Ashes to Ashes? Heroes? Space Oddity? Cat People? Não sei, ele compôs mais de 700. Todas excelentes, exceto "The laughing gnome" como todo fã do Bowie que se preza sabe 🙂

Filme preferido com o Bowie? Não sei... The Prestige (O grande truque, aquele em que ele é Nikola Tesla)? Labyrinth? Merry Christmas Mr. Lawrence? The Man who Fell to Earth? Basquiat? (Ele é Andy Warhol) Não sei, ele atuou em uns 40 fora as trilhas sonoras (Cat People, alguém?)

Qual instrumento o Bowie tocava melhor? Não sei. Ele tocava Saxofone alto e tenor, Piano, Teclado, Guitarra, Baixo, Gaita, Flauta, Violino, Viola, Violoncelo... ele gravou discos inteiros praticamente sozinho.

Acho que não houve arte ou estilo que ele não tenha experimentado, influenciado, ou mudado para sempre. Meu artista preferido; minha definição de estilo, classe. O mundo acordou menos elegante.

Status

Eduardo Maçan

O primeiro, balões. O segundo, avião. O próximo padre paranaense irá seguramente construir um foguete.

Padre do PR gasta R$ 30 mil e leva 19 anos para construir aeronave sozinho

Albino Dziadzio, de 70 anos, mora em Ponta Grossa, nos Campos Gerais. Avião foi exibido em pátio de igreja para curiosos nesta quarta-feira (6).