O mundo é um moinho

Cartola é um dos artistas brasileiros que mais admiro. Ao lado de Pixinguinha, Noel Rosa... (alguém surpreso aí do outro lado? Hahaha, eu nunca conto tudo sobre mim 😛 ) Uma das mais bonitas da música brasileira. Essa é do tipo que você tem que lutar e lutar muito pra não associar com ninguém pra não estragar a música com lembrancas ruins... mas que eu gostaria de ter dito coisas assim em alguns momentos da minha vida, ah queria... mas eu não sou Cartola 😀

E como eu costumo traduzir as músicas que posto aqui, e como a música dos verdadeiros gênios da música brasileira não é exatamente de fácil assimilacão... aqui vai uma excelente "traducão" dessa:
Compositor: Cartola
Intérprete: Cartola
Álbum: Cartola (1976)
O mundo é um moinho

Ainda é cedo, amor
mal começaste a conhecer a vida
já anuncias a hora de partida
sem saber mesmo o rumo que irás tomar

Preste atenção, querida
embora eu saiba que estás resolvida
em cada esquina cai um pouco a tua vida
e em pouco tempo não serás mais o que és

Ouca-me bem , amor
preste atenção, o mundo é um moinho
vai triturar teus sonhos tão mesquinhos
vai reduzir as ilusões a pó...

Preste atenção, querida
de cada amor tu herdarás só o cinismo
quando notares estás à beira do abismo
abismo que cavaste com os teus pés

  21 comments for “O mundo é um moinho

  1. 29/08/2006 at 11:39

    Viu só né...Isso é uma Divindade Brasileira, e a história dele...é incrivel, se hoje ainda estivesse por aqui, eu estaria na "Mangueira" aos seus pés... Cantando com ele "Alvorada".... E se quiser, te gravo CD´s!!!

  2. 29/08/2006 at 11:51

    Hahaha, Música Popular Brasileira é Funk Carioca!!!

    Cartola não é popular!

  3. 29/08/2006 at 11:59

    Não vem “desmoralizar” não!!! Isso é clássico da Música Popular Brasileiro, e Não do LPB (lixo popular brasileiro). Magoa hein...rs.. Eu vou chorar!!! 🙁

  4. 29/08/2006 at 12:06

    Não esqueça de Lupicínio Rodrigues e Vicente Celestino. 😀

  5. 29/08/2006 at 12:10

    Lupicínio é Rei!!!

    Se acaso você chegasse

    Se acaso você chegasse
    No meu barraco encontrasse
    Aquela mulher
    De quem você gostou,
    Será que tinhas coragem
    De trocar nossa amizade
    Por ela que já lhe abandonou.
    Eu falo porque essa dona
    Já mora no meu barraco
    À beira de um regato
    E de um bosque em flor
    De dia, me lava a roupa,
    De noite, me beija a boca
    E assim,
    Nós vamos vivendo de amor

    Huahuahaa, essa até parece com um e-mail ridículo que recebi certa vez 😀

  6. 29/08/2006 at 12:16

    Que horror, essa é maravilhosa, escute Lobão e Elza Soares cantando para você ver que show!!!!!! " Se acaso você chegasse, no meu CHÂTO e encontrasse...."!! E não vem não, os dois Lupicínio Rodrigues e Vicente Celestino outros Reis sim, da nossa eterna Boêmia!!! E nem ouse falar de Nelson Gonçalves....assim como Nelson Rodrigues, os Boêmios sensacionais...um da voz, e outro das letras...

  7. 29/08/2006 at 12:19

    Eeeei, eu adoro Lupicínio... ridículo foi o e-mail em questão... tem uma alta dose de \"piada interna\" aqui 😉

    Bom, a parte que eu li do e-mail em questão, pelo menos. Hehehee.

  8. 29/08/2006 at 14:40

    "Piada interna"? Essa eu não tô associando. Eu sei da piada interna de Lobão. 😛

  9. 29/08/2006 at 15:10

    Se eu falar aqui vai deixar de ser interna 😛

  10. 29/08/2006 at 20:12

    Piada interna?Putz, então melhor deixar pra lá...
    Estou surpresa mesmo, e meio perdida. Mas também não tenho vergonha de confessar que só conheço o Cartola dos artistas citados anteriormente...e ainda sim, muito pouco. Mas ainda sim, a letra é muito bonita mesmo, vc tem razão.
    Beijos, e boa semana...

  11. 29/08/2006 at 21:06

    Cartola já dizia o correto..."O mundo é um moinho" e viu só o que deu...rs...!!!

  12. Fernanda Alves Chaves
    30/08/2006 at 00:06

    "... O saldo da aventura pelo mundo é triste: cinismo, desilusão, perda de identidade: "Não serás mais o que és". O mundo nos aparta de nós mesmos."

    Bahhh.... Meleca de vidinha medíocre mesmo!!!!!! Essa semana já tinha começado errada. Depois de ler essa frase, vim postar aqui, desligarei o Eros e me jogarei daqui, do sétimo andar. ;-(

  13. 04/09/2006 at 00:20

    meleca de vida mesmo...

  14. 12/09/2006 at 01:31

    de acordo...
    Cartola sensacional, clap clap clap

  15. 06/10/2006 at 15:49

    Dentre muitas interpretações, a que eu mais gostei foi na voz do Ney Matogrosso com excelentes arranjos de samba-canção. Ele incorpora toda a dramaticidade da composição. Quem tiver a oportunidade, ouça!

    Pra mim esta música é um alerta pr'aqueles(as) que pensam que podem brincar com o amor e sair ilesos(as).

  16. Graça
    21/03/2007 at 13:17

    sinto-me privilegiada, pois tive a sorte de vê-lo se apresentar ainda várias vzs... dou graças e mais graças aos céus... kkkkk
    o Cartola é um monumento tombado pelo patrimônio musical!!!
    bjs

  17. Daniela
    03/04/2007 at 23:52

    Essa música, Cartola fez para uma filha dele que decidiu sair de casa e tornar-se prostituta. Louco isso, né?

    Também amo Lupicínio, Vicente Celestino e adoooooro as rainhas da fossa: Maysa, Dalva de Oliveira, Elizeth Cardoso, Dolores Duran e por aí vai... 🙂

  18. Leandro
    21/10/2007 at 21:38

    olá meus caros, eu sabia que a música foi feita para a filha dele que estava saindo de casa, porém, esse negócio de virar prostituta eu não sabia, é verdade?

  19. Thales Bruno
    27/12/2007 at 15:19

    Faço parte de uma geração que não curtia muito Cartola. Quem gostava dessas coisas em casa era o meu pai. Mas, vejam só como são as coisas da vida: Não existe mais música brasileira hoje. Daí eu ouço essas músicas, cheias de conteúdo de outrora, e às vezes até choro! Principalmente quando se assiste o documentário dele voltando para casa... Faz pensar que um dia deixamos muitas coisas para trás e vivemos outros sonhos...

    É triste, para mim, saber que um dia deixarei meu pai... Dai eu sempre vou me lembrar que às vezes ele parece querer cantar: "Ainda é cedo, amor / Mal começastes a conhecer a vida... / Já anuncias a hora de partida... / Sem saber mesmo o rumo que irás tomar"

    Que coisa triste essa de separação...

  20. ALEX (15)
    04/09/2008 at 20:29

    eu ja tinha ouvido que essa musica era pra enteada que virava prostituta mas procurei aki so pra comfirmar

    obrigadocontribuiram pro meu trablaho de escola

  21. Rafaella
    27/01/2009 at 17:29

    Olha, eu nunca havia parado para ouvir uma música Brasileira, eu juro que NUNCA, acho que ouvir uma música vinda de nomes como Cartola, por exemplo, são músicas de ser sentidas. Tive o interesse por esse estilo tão rico de música quando uma professora me contou essa história, da qual Cartola compoz com a saída de sua Filha de casa, mesmo não tendo certeza, me emociona o fato de uma pessoa querer passar pro mundo de forma tão humana um conselho de Pai, como se ele quisesse passar pra nós um conselho para levarmos para a vida inteira, e pelo menos para mim ele conseguiu transmitir esse conselho muito bem. Quero passar para as pessoas a curiosidade de conhecer histórias fantástica de pessoas tão próximas, tão pratiotas, pessoas que não tem apenas uma aparecia, uma voz ou um nome, tem uma Vida e simplismente essa Vida que os fez ser quem é, estou simplismente Admirada e Honrada.

Leave a Reply to PsychoPenguin Cancel reply