Status

Eduardo Maçan

Wow. Nunca tinha me dado conta do tamanho desses caras, nem que houve vôos regulares entre o Brasil e a Europa.

A matéria traz um inforgráfico que compara os dirigíveis com os aviões atuais, mas a comparação, na década de 30, era com os navios transatlânticos.

Segundo a matéria, o Hindenburg (Oh, the humanity!) era poucos metros mais curto que o Titanic, com 265m de comprimento por 41m de diâmetro. o_O

Há 85 anos o Zeppelin chegava ao Brasil pela primeira vez - Airway Online

Clássicos dirigíveis alemães apareceram com frequência pelo País no final da década 1930

Comente de volta!