Status

Eduardo Maçan

Na Europa, mais uma vez, extremistas matam em nome de males causados por sua própria ignorância.

No Brasil, o eterno mar de lama proverbial se torna concreto e também mata. A extensão real e os efeitos da tragédia são incalculáveis.

Já é 2016 e a ignorância e a negligência criminosa ainda são terrores verdadeiros.

Comente de volta!