Microblogs e Gestão 2.0

Artigo escrito para a dicas-l

Microblogs são a moda. Intelectuais, jornalistas, esportistas e a sua tia têm microblogs. Matérias inteiras são escritas elevando "anônimos famosos" da nova mídia para o transiente status de "celebridade instantânea". A qualidade e utilidade do "twitter" são debatidos por jornalistas moderninhos e microblogueiros descolados enquanto muitos rapidamente o classificam como moda passageira ou mais um desafio à produtividade de suas equipes. Aconteceu antes e acontecerá novamente com a próxima "novidade", não adianta nos revoltarmos.

O que quero apontar para os leitores deste artigo (que em nada diz respeito ao twitter apesar de citá-lo) é que devemos dissociar o hype do conceito para analisar sua utilidade ferramental.

Um microblog em essência tem as seguintes características:

  • Permite um espaço delimitado para exposição (geralmente do tamanho de uma mensagem SMS)
  • Permite que interessados no que você diz/faz estejam sempre atualizados
  • Permite a organização de atividades de todos os observados em uma "linha do tempo"
  • Permite pesquisas dos registros de todos os usuários ou de selecionados (observados/seguidos)

Há certamente mais, mas estas características bastam a este artigo. Imagine agora que você tem esta ferramenta à disposição de seu projeto esqueça que as pessoas usam microblogs para dizer que estão indo ao salão de beleza, não estamos falando do twitter. Se você observou bem percebeu que microblogs reúnem características fundamentais em uma ferramenta para comunicação de equipes. Irei dar dois exemplos de uso que irão melhorar a comunicação e organização de seu time/empresa imediatamente.

A primeira delas como diário em tempo real das atividades de sua equipe. Cada novo passo dado, ou problema encontrado deve ser listado no microblog no momento em que acontece. "concluída implantação do novo servidor web" ou "aguardando entrega de amostras do panfleto de divulgação" seriam exemplos possíveis. O gestor ou outro membro do time poderá acompanhar em tempo real as atividades de sua equipe ou de outros colaboradores dos quais dependam. Se a empresa toda utilizar este modelo o diretor poderá acompanhar a movimentação de toda a empresa em tempo real. Obviamente isso seria informação demais para qualquer um, mesmo os tipos "comando-e-controle" mais paranóicos. Neste caso, o diretor poderia seguir apenas os perfis de outros diretores e gerentes que certamente apresentariam uma visão mais resumida da apresentada pelos demais niveis hierárquicos.

Esta é uma ferramenta adequada para a implementação da transparência e dinamismo esperados da empresa moderna, tão aclamada na literatura especializada de administração.

Outra abordagem prática incrível desta ferramenta é no auxílio à gestão e documentação de mudanças. Partamos da seguinte regra: "toda ação que altere o ambiente deve ser imediatamente descrita por aquele que a implementou", se utilizarmos um microblog para esta finalidade, teremos automaticamente um panorama atualizado de nosso ambiente em determinado momento, identificando a mudança feita, quem fez e quando, com um sistema de buscas e uma linha do tempo.

A princípio, o tamanho da mensagem pode parecer uma limitação, mas é na realidade uma das maiores vantagens, pois:

  • permite espaço suficiente para informação útil
  • força a objetividade e concisão do texto
  • transforma a tarefa de documentação em uma atividade constante, imediata e não onerosa no tempo
  • torna a informação universalmente disponível dentro da organização.

Obviamente existirá a necessidade de documentação mais extensa e descritiva, mas este será o assunto de artigo futuro.

A esta altura o leitor deve estar afirmando que isso é muito interessante mas que não faz sentido algum expor sua empresa na internet para todos verem. Se eu acertei, então novamente você está pensando no twitter e não em uma ferramenta de microblog. Esta ferramenta deve ser implementada dentro da parte fechada do website de sua empresa, acessível apenas por funcionários. Você pode implementá-la você mesmo ou usar o laconi.ca, uma excelente ferramenta de microblog pronta para o uso, com recursos fantásticos como a criação de grupos, e até (se você quiser) integração com o twitter.

Além de organizar sua comunicação interna, perfis selecionados com integração ao twitter poderão centralizar a publicação de press-releases  e a comunicação da empresa através do twitter, a partir de seu website interno.

O laconi.ca permitiria facilmente a utilização simultânea dessas duas abordagens, aumentando a eficiência e integração de sua comunicação e potencialmente evitando o desperdício de milhares de reais, sem falar que a existência de plugins para o firefox permitem que as notificações instantâneas e edições ocorram diretamente no navegador. O que você está esperando?

  3 comments for “Microblogs e Gestão 2.0

  1. 21/08/2009 at 08:36

    Oi Maçan,

    Além das vantagens que você citou há a possibilidade de criar grupos on-the-fly para resolver problemas baseado no perfil de suas mensagens. Um projeto interessante fazendo isso é o ESME (Enterprise Social Messaging Experiment).

    Ele começou no ano passado e já cresceu bastante (

    , http://incubator.apache.org/esme/ e http://blog.esme.us ).

    Não sei como o Google Wave se relacionará nesse cenário (ou se ele será útil nesse cenário). A maior diferença que vejo é que no Wave você inclui as pessoas na wave e no ESME você cria grupos dinâmicos e manda mensagens para esse grupo. Qual é o melhor modelo ainda não está claro para mim, de toda forma não vejo grandes dificuldades para o Google adaptar o Google Wave para funcionar dos dois jeitos.

    Meus 2c.

    []'s Jonas

  2. tiagovaz
    23/08/2009 at 14:32

    Embora vc tenha focado na questão de produtividade, vale a reflexão do impacto dos microblogs, ou melhor, desse always connected way of life nas relações mais íntimas. Este post é uma referência: http://mdzlog.alcor.net/2009/08/18/social-media-h... Abração!

  3. 29/08/2009 at 19:42

    Nãooo sou moderna! Ai Mundo! Me coloquei no twitter, MAS, não tenho paciência de ficar lendo a vida dos outros, como é o que a grande maioria faz, poderia até colocar frases polêmicas criticando politica (good ideal...), mas, seria logo condenada! Já acho que faço de mais o espaço poético! Ali, entendo como um livro virtual, já que o valor disso, um livro publicado, não existe mais, seria gastar para não ganhar! Fora que o que os "jovens" destemidos de hoje gostam, me recuso a citar!

    Porém, como uma "agenda" de informações dentro de uma empresa, onde coloca as idéias, e um chefe reconhece de maneira mais clara quem é o "criador", gostei! Isso é uma forma boa de podemos usar o "modernismo" com a valorização, partindo para o lado humano!

    Agora vida, da minha cuido eu....

Leave a Reply to Jonas Fagundes Cancel reply