Música: Front 242 - Quite Unusual

O dia hoje amanheceu tenso, pesado, incômodo... não consigo parar de balançar o pé e mudar de posição a todo momento. Espero que ao seu fim o clima tenha mudado... coragem, Eduardo. Respire fundo e vamos em frente, é dia de fazer justiça. Fazer justiça nunca é fácil, nunca é rápido, nunca é indolor.

Pra brindar um dia tenso e incômodo... um clipe "estranho" de uma banda "tensa" e "pesada". Coisa de 20 anos atrás que ainda mantem sua estranheza:
Música: Quite Unusual (Bem incomum)
Artista: Front 242
Ano: 1986
Álbum: Official Version


The sun went down and the ground started sort of grinding
O sol desceu e o chão começou como que a despedaçar
A blinding light tore across the sky
Uma luz cegante rasgou o céu
A cyclone swept the landscape out and left it completely flattened out
Um ciclone varreu a paisagem e a deixou completamente plana
And several twirls of smoke unfolded like gigantic flowers
E várias espirais de fumaça se desdobraram como gigantescas flores
The way the morning broke was quite unusual

O  amanhecer foi bem incomum
I should have wakened up at once, but this was no concern of mine, so I kept on dreaming

Eu devia ter acordado de uma vez, mas não era problema meu, então eu continuei sonhando
My eyes roamed over the burning ruins

Meus olhos vagaram sobre as ruinas em chamas
In less time than it takes to tell

Em menos tempo do que se leva para contar
And I felt like

E eu me senti como
And I felt like being numbed,
E eu me senti como se estivesse sendo anestesiado
I felt like mesmerized
Eu fiquei  estupefato
The way the morning broke was quite unusual

O jeito que amanheceu foi bem incomum
More than words can say
Mais do que palavras podem dizer

In less time than it takes to tell

Em menos tempo do que se leva pra contar

Aqui um Making of do Clipe

  1 comment for “Música: Front 242 - Quite Unusual

  1. mauro
    25/12/2008 at 22:13

    front242 e começo inspiraçao de conceito novo da musica eletronica com letra arrojada e emvolvente se destaca como algo inovador e atual.

Comente de volta!