2 anos de "vida saudável"

Há exatos dois anos algo aconteceu que me fez me comprometer comigo mesmo a mudar radicalmente meu estilo de vida. Quem me conhece sabe que eu sou extremamente fiel a meus compromissos. Se eu me comprometo com algo vou até o fim, custe o que me custar e procuro só me comprometer com o que tenho absoluta certeza de que vou conseguir cumprir. Prefiro não me comprometer a falhar com minha palavra.

A vantagem de se comprometer consigo mesmo é que você só tem como se decepcionar por causa de si próprio e nesse caso só há um ponto de vista (e um potencial culpado) a considerar se algo der errado. Não há como se justificar com desculpas esfarrapadas, não há como fugir de você mesmo, não há como se esconder de sua própria consciência. Há quem consiga, eu não. Como diria Lao Tse "quem domina os outros é forte, quem domina a si mesmo é poderoso".

Dois anos atrás eu me decidi por ganhar condicionamento físico e perder peso. Estimei que levaria 3 anos pra atingir meu objetivo e hoje comemoro o segundo. Comecei usando um método que idealizei ainda na faculdade tendo em vista princípios estritamente matemáticos de controle e motivação. Em 16/06/2005 eu pesava 81.9Kg em 16/06/2006 eu cheguei ao meu ponto mais baixo na minha idade adulta: 70.1Kg. Naquela primeira fase o que me interessava era reduzir meu sobrepeso, foquei estritamente nisso e utilizei dietas que eu mesmo me prescrevi (não sem embasamento, pois já havia consultado endocrinologistas antes e tinha alguma idéia do que fazer).

Testei inúmeros produtos complementares no auxílio do controle de calorias, a maioria pouco ou nada contribuiu. Nunca usei remédios ou moderadores de apetite. No segundo ano do meu "projeto" procurei focar no meu condicionamento físico. Intensifiquei a prática de kung fu e recentemente (3 meses acho) adicionei musculação orientada por professores de educação física. Uma lição que comprovei no segundo ano foi que a única maneira realmente eficaz de aumentar o metabolismo é ganhando massa magra e a única maneira de ganhar massa magra é praticando exercícios de força. Estou chegando perto do meu objetivo final que apesar de estar numericamente próximo se tornou ainda mais difícil. Nesse terceiro ano pretendo adicionar novas métricas pois o IMC sozinho não me serve mais. Uma avaliação física completa a cada 3 meses pelo menos, assistida pelo meu professor de educação física vai ser somada ao processo.

O que eu ganhei nessa minha busca pela "vida saudável" ao longo desses 2 anos:

  • Amigos: Instrutores e outros praticantes do kung fu, gente da academia no clube, etc...
  • Conhecimento: Aprendi muito sobre fisiologia, nutrição, etc etc etc
  • Auto-conhecimento: A expressão "consciência corporal" passou a fazer sentido. Antes eu achava que era bobagem ou mesmo "coisa new age".
  • Saúde: Melhorei meu aspecto físico, minha postura e minha qualidade de vida: fortaleci meus braços e não tive mais crises de tendinite devido ao trabalho com computadores. Apesar de praticar esportes à noite, chego em frangalhos do trabalho e saio me sentido disposto da academia. Ao contrário do que possa parecer, exercício relaxa, dá prazer e descansa muito mais que a TV depois que você vence a "inércia" inicial, claro. Pra falar a verdade eu não tenho mais TV há 2 anos e isso me fez um bem danado.

O que perdi:

  • Peso, 20Kg.

Foi um dos melhores e mais frutíferos compromissos que tive em toda minha vida este comigo mesmo. Pretendo levá-lo adiante enquanto eu viver. Aspecto físico não importa nada e é o menor dos efeitos colaterais benéficos embora a TV e o cinema tenham martelado durante anos que você tem que ser do jeito X ou do jeito Y, bobagem! Se você entra nessa pra querer "ter corpo de modelo" começou errado, tomara que você abra os olhos ao longo do processo.

Se você consegue enxergar através das venezianas da futilidade você vai ver que o que realmente importa é a manutenção de hábitos equilibrados e não aspecto físico. O corpo é a única coisa material que possuímos e nos acompanha do dia em que a gente nasce até o dia em que a gente morre. Fico feliz de ter me dado conta disso e deixado de maltratar o meu enquanto ainda era tempo. Fico triste por não ter começado antes já que tudo o que usei sempre esteve a meu alcance.

Aqui o post do primeiro aniversário do meu "projeto"

  12 comments for “2 anos de "vida saudável"

Comente de volta!