Caminhando contra o vento

Ia escrever um texto enorme sobre o que presenciei há pouco na paulista mas acho que é perder tempo. Como diz um ditado que gosto: "Não tente ensinar um porco a cantar, você perde seu tempo e incomoda o porco". No lugar disso, deixo uma frase de GBS que diz mais do que eu conseguiria em meu texto imenso:

“Se aos 20 anos você não é comunista você não tem coracão. Se aos 30 você não é capitalista você não tem cérebro"

George Bernard Shaw

  12 comments for “Caminhando contra o vento

  1. 09/03/2007 at 00:45

    Brüder, so uma coisa eu tenho a lhe dizer, sobre tais manifestacoes e reacoes a visita do "texano conquistador de territorio", alias mil vezes um texano conquistador de territorio do que um semi-analfabeto mal carater. Minha declaracao extremamente tecnica eh:
    PAIZECO DE MERDA!!!!

  2. 09/03/2007 at 00:55

    Meu amigo como disse Aristóteles, "Deixe que cada um exercite a arte que conhece."... o que podemos dizer desse nosso povo, protesta de um lado, mas, elegeram de outro, então assumam...

  3. Diogo
    09/03/2007 at 06:23

    Cara, eu acho que pulei essa fase de ter coração...... desde os 13 que sou captalista assumido >D e olha que só tenho 20 anos atualmente huehahahaha

  4. 09/03/2007 at 07:54

    Huheauhuahe, parabéns, Diogo. Teve uma época que eu até andei com pessoas que falavam em ser "companheiro, construtivo e solidário", apoiavam invasão de terra e depredações de McDonnalds, adoravam alguns agitadores profissionais (que são sempre os mesmos) e na primeira chance de indicar amigos pra cargos no governo o faziam. Tão sempre pregando o socialismo mas na primeira chance que têm vão pregar na Europa e levar números para os intelectuais ricos que adoram estudar nossa miséria e admirar nossa ignorância institucionalizada e seus exóticos subprodutos.

    Nunca concordei com esses, eu sempre estive ao lado deles porque éramos alinhados em outras áreas e eu respeito a diversidade de opinião. Meu objetivo era outro (conquistar o reconhecimento que a idéia do software livre merecia, e eu consegui).

    O que eu não entendo é como podem, numa realidade democrática, de fácil exposição e livre confronto de idéias utilizarem-se de ameaças e e de ataques à população (A quem atingem com as recorrentes greves de transporte em SP e essas paralizações imbecis da Paulista? Certamente não são os "imperialistas" que decolam dos heliportos rumo a suas mansões. Só atrapalham o "proletariado" que já sofre o bastante e não precisava apanhar mais.

    Nunca vão chegar a lugar algum.

    Como diz um amigo meu: "Uma só palavra: Pelamordedeus!"

  5. 09/03/2007 at 09:41

    Provável que essa tirinha tenha sido feita em homenagem ao texano.
    E se não foi, adorei do mesmo jeito.
    Ela tirou minha primeira gargalhada do dia.
    Beijocas,
    Fer...

    http://www.dilbert.com/comics/dilbert/archive/dilbert-20070309.html

  6. 09/03/2007 at 09:50

    Muitos meios para chegar algum lugar. Ser comunista, capitalista ou qualquer *ista é só um adjetivo (ou será advérbio...), o que define o que somos é aquilo que levamos conosco até o sete palmos. =)

    Vamos comerar as tristezas e alegrias com cervejas e falando besteiras num boteco que somos mais felizes. 😀

  7. 09/03/2007 at 10:04

    Fer: Scott Adams rules 🙂
    Fike: E hoje li que prometiam mais manifestações. Tou indignado com a ignorância dessa manifestação. Uma amiga aqui me confrontou e me perguntou: "Ah! Quer dizer que o Bush pode parar meia São Paulo e os manifestantes não podem parar a paulista?"

    E eu respondi: E se você acha isso incivilizado você defende que os manifestantes sejam mais incivilizados ainda?

    A minha opinião: Ninguém pode ser abordado pela polícia por estar segurando um cartaz. Quer fazer uma manifestação??? A Paulista tem 4000m Peguem as 10000 pessoas que ontem atrapalharam a população e coloquem LADO A LADO na calçada empunhando suas bandeiras e cartazes. É gente suficiente para cobrir (usem o termo "abraçar" para ser ainda mais companheiro construtivo e solidário 😛 ) a Paulista dos dois lados, Chama muito mais a atenção do que contratar um carro de som e fazer arruaça na cidade e provocar a polícia.

    É isso o que esses arruaceiros fazem: Baderna.

  8. 09/03/2007 at 14:46

    Hum...

    Uma m-82 seria legal para essas situações...

  9. 09/03/2007 at 14:49

    Coisa feia gente, tadinho do Bush, ele só quer tomar o que é nosso.

    O Lula devia ter oferecido outro derivado da cana pro cara, ao invés de caldo, cachaça, deixado ele bêbado e feito ele mandar um zilhão de doletas pra gente.

    Agora quanto aos baderneiros, porrada neles. 🙂

  10. 10/03/2007 at 17:42

    Olha Jose, vou concordar com você!!! Coitado do Bush né, como já dizia Raulzito, "A solução é alugar o Brasil....Tem o Atlântico, tem vista pro mar,
    A Amazônia é o jardim do quintal, E o dólar deles paga o nosso mingau..."

  11. 11/03/2007 at 10:52

    ... e ainda de quebra vem incluso as cobaias para eles testarem em suas pesquisas.

    Isso aqui é um bom negócio.

Leave a Reply to Fernanda Alves Chaves Cancel reply