Feliz ano novo, velho!

E daí? O que torna aquele instante que divide o dia 31/12 do dia 01/01 tão especial?

O que representa esse momento frente aos outros tantos intervalos inquantificáveis que se somam ao continuum? O que há nele de melhor (ou diferente) de agora? ... Ou agora? ... Ou agora, por exemplo?

Tudo o que se lançar verticalmente ao espaço ficará imóvel durante um desses intervalos desprezíveis antes de acelerar rumo ao solo. Esse sim me parece ter algo especial. O tempo, embora metaforicamente lançado ao espaço, não muda de direção.

Feliz ano novo, velho.

  3 comments for “Feliz ano novo, velho!

  1. Cintia
    29/12/2007 at 21:58

    oioi!!!
    Nunca tinha pensado nisso maçan:D
    hahuaaha

  2. 29/12/2007 at 23:53

    Depois da aula de física mecânica...hum, lançamento vertical...oblíquo, se não me engano... 😀

    Ahhhhh... Pelo menos um brinde vai... E te dou um pouquinho da minha taça *TIM TIM* , rsrs.
    🙂

    Feliz 2008 Edu...

    Beijo Beijo ^^

    p.s: e até 05/01! 😉

  3. 03/01/2008 at 16:19

    Bom, vamos levando todos os calculos "asteroicos" existentes, não leva a porr... nenhuma né..rs..!!! Isso é bem e pura verdade!

    Aliás, a única coisa que acontece é STOP de WORLD! E nós então, só voltamos depois do Carnaval...

    Vamos colocar então...Feliz nova data.... 😉

Comente de volta!