Review: O Nevoeiro (The Mist)

Fazia tempo que não via um filme ruim tão bom! Era a única opção disponível pelo dia e horário no cinema e acabei assistindo. Apesar de vários clichês de terror até a metade do filme, o Nevoeiro (The Mist) consegue prender sua atenção (e seu fôlego) durante muito tempo. Para os fãs do cinema catástrofe é um prato cheio.

Baseado em um livro de Stephen King, The Mist me pareceu um sucessor digno de "Guerra dos Mundos" muito melhor (e provavelmente muito mais barato) do que a própria refilmagem de Guerra dos Mundos com o Tom Cruise.

Se estiver em cartaz, vá. Vale a pena ver na tela grande, em especial por uma cena (uma das melhores) perto do final do filme. O final é chocante, bem contrário (muito contrário) ao que se costuma ver no cinema americano. Existe sim uma mensagem positiva, mas ela é tão sutil que se você não parar pra pensar, você nem vê.

  3 comments for “Review: O Nevoeiro (The Mist)

  1. 16/09/2008 at 15:45

    Já disse tudo para eu não ir.... 😉

  2. pedro henrique
    03/06/2013 at 15:14

    ainda tentando descobrir qual foi a mensagem positiva

    • eduardomacan
      03/06/2013 at 15:56

      Na época eu vi uma. Agora, pra ser sincero, não lembro mais qual era 😛

Comente de volta!