"Descoberta" da madrugada

Quantas amostras de áudio digital são necessárias, a 44100Hz de amostragem para produzir o equivalente a um compasso musical em 4/4 a 120BPM ?

Simples! O numerador da "fração" diz  quantos "Beats"  ocorrem em um compasso da dita música (4)  os BPM dizem quantos ocorrem em um minuto completo (120), logo cada "Beat" nessas condições deve durar 0,5s , um compasso com 4 beats = 2s. Se operamos em 44100 amostras/segundo então devemos gerar 88200 amostras de áudio a cada compasso musical, nesses termos. O dobro se estivermos falando de áudio estéreo.

E pensar que algo tão simples me tomou tanto tempo ontem até eu me dar conta...

A quem não entendeu o post: é que depois de ser gerente de redes, e pseudo-músico, eu voltei a fazer programas durante a noite.

  10 comments for “"Descoberta" da madrugada

  1. 28/07/2006 at 09:48

    Pô, Maçan, qual é a graça de explicar post críptico? É mais legal ficar viajando em cima 😛

  2. 28/07/2006 at 09:54

    O pior é não ganhar nada pelos programas...

  3. 28/07/2006 at 19:13

    Veja bem, li e reli, me explica em português?? E essa de "fazer programas a noite" ...explique melhor por favor... não que eu coloque em uma outra questão, mas, contudo, porém, entretanto e todavia...é complexo.....

  4. 28/07/2006 at 19:30

    Uai Jana... eu faço programas desde pequeno, e fui incentivado pela família, que desde cedo reconheceu meu talento comprando acessórios para que eu pudesse desenvolver meu dom. Quando atingi praticamente a maioridade me mudei pra Campinas para me aperfeiçoar e aprender o ofício. No começo fazia por hobby, pelo prazer da descoberta mesmo mas depois cheguei a cobrar por alguns programas que fiz para clientes da região de Campinas e até da Capital. Eu parei de fazer programas porque gerenciar redes dava mais dinheiro, mas sempre fazia um ou outro programinha pra manter a forma. Agora estou realmente tirando a ferrugem!

    Ué, achei que você soubesse!?! Pergunta pra Ca, quando ela me conheceu eu estava em Campinas já 🙂

    Agora eu voltei a programar, eu sempre gostei de programar em C, mas não tinha tido nenhum projeto que me empolgasse de tal forma como escrever programas para fazer música com o computador, espero que saia algo realmente bom daqui... ué... por que essa cara? Pensou que fosse o que? 😀

  5. Fernanda Alves Chaves
    29/07/2006 at 10:15

    Maçan says: -"Pensou que fosse o que?"
    Fer says - Prefiro deletar a exlicação acima e continuar com pensamentos impuros sobre sua real atividade na hora de fazer programas.

  6. 29/07/2006 at 20:55

    Hahaha...acho que a Fernanda explicou..rs.. Mas, Du, tanks a lot for your attencion!!! Bom, saber quando me perguntarem..já sei a quem passar...

  7. 30/07/2006 at 02:16

    Cara, com esse tipo de declaracao publica fica dificil falar por ai que vc eh meu clone. Se vc precisa mesmo fazer essas coisas durante a noite, faca, mas mantenha em segredo... 😛

  8. 31/07/2006 at 08:12

    Eu programo pelado!

  9. 31/07/2006 at 10:53

    Este ultimo comentário foi o fim...
    Programar pelado???

  10. 02/08/2006 at 13:56

    Cara! E eu ainda morei um tempo contigo...

Comente de volta!