Quem diz que a vida não é justa...

... não percebeu que o justo nunca é fácil.

Em tempos de baboseiras relativistas em que a sociedade mergulha no hedonismo como princípio, meio e fim fica difícil aceitar as dificuldades que somos obrigados a enfrentar. Afinal, se o objetivo da vida é apenas obter prazer material, qualquer forma de vida que não o proporcione, ou que proporcione pouco tende a parecer injusta, até menos valiosa.

"Não me arrependo do que faço, mas do que deixei de fazer" é um dos slogans preferidos dos que fogem de entender a vida e seus intrincados mecanismos, permeados de escolhas que não raramente nos obrigam a escolher entre um (aparente) mal e um mal ainda maior.

Me arrependo de várias coisas em minha vida, trago comigo mágoas, muitos "e se" martelando implacavelmente minhas lembranças (isso é causado por algo que se chama consciência, para aqueles que não a conheçam) pois, sim, eu errei. Não foi uma, não foram duas... errei muitas vezes, de maneiras diversas. Até repeti alguns, mas aprendi com cada um deles.

Não me venham também dizer que o erro é imprescindível, ou que é desejável errar para aprender. Tolo! Tolo aquele que vive incorrendo em erros propositais, tentando justificar-se por uma experiência que não será capaz de ganhar por não ser capaz de se arrepender. Errar não é imprescindível. É inevitável. São duas coisas completamente diferentes.

De todos, os erros mais graves da minha vida foram sempre decorrentes da tentativa de adiar decisões que urgiam, evitar confrontar o mal... tomar o caminho mais fácil.

Pois se tem algo que aprendi, que digo e sempre repito, talvez uma das frases pelas quais serei lembrado: "O mais difícil é sempre o certo". Quando em uma conversa disse isso pra meu irmão e ele arregalou os olhos como quem é iluminado por uma daquelas verdades óbvias, percebi que eu tinha chegado não a uma conclusão sobre minha vida, mas a uma das implacáveis "verdades universais" que nos vão sendo reveladas com o tempo. Ou, diria eu, quando abrimos nossos corações e mentes para recebê-las. (isso se chama ganhar experiência, para os que não sabem)

O pensamento relativista e a ignorância dolosa da medida do certo e errado destroem o princípio básico de toda justiça e o não enfrentamento da injustiça serve apenas para perpetuar o mal. Não há como eliminar o mal sem confronto e uma guerra nunca é bonita.

Uma vida justa nunca será fácil. Também a recíproca é verdadeira.

Sempre busquei a justiça e sempre dormi tranquilo, não há riqueza maior sobre a face da terra do que poder dormir tranquilo. As folhas secas são levadas pelo vento. As árvores ruins são arrancadas e lançadas ao fogo. Uma árvore ruim não dá bons frutos, pelos frutos, somos capazes de reconhecê-las.

  6 comments for “Quem diz que a vida não é justa...

  1. 18/11/2007 at 12:01

    Agimos certo sem querer,
    Foi só o tempo que errou,
    Vai ser dificil sem vc,
    Porque vc está comigo o tempo todo,
    E quando vejo o mar,
    Existe algo que diz,
    Que a vida continua,
    E se entregar, é uma bobagem,
    Já que vc não está aqui,
    O quer posso fazer,
    É cuidar de mim,
    Quero ser feliz, ao menos,
    Lembra que o plano
    Era ficarmos bem...

  2. 19/11/2007 at 13:04

    Bom, como diz "grandes amigos" da minha filosofia... a muitas portas em nossos caminhos, largas e estreitas,o dificil é escolher uma certa...

  3. Paolo Roberto Pinheiro
    20/11/2007 at 15:42

    "Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem."
    (Mateus, VII: 13 e 14).

  4. 21/11/2007 at 20:45

    Li estes versículos nessa semana, me lembrei deles ao ler este post, e agora vejo estas mesmas palavras escritas no comentário acima... pequenos detalhes...

    fique bem ^^

  5. 23/11/2007 at 15:32

    Em Lucas também tem algo nesse sentido, quando the man Himself diz que todos devem entrar "pela porta estreita", porque um dia quanto o "Dono da casa" fechar a porta um monte de gente vai ficar pra fora. Acho que é no mesmo lugar em que se diz que "há últimos que serão primeiros e primeiros que serão últimos"... 🙂

  6. Jorge n z jr
    06/03/2012 at 02:51

    Eu gosto muito de ler este tipo de mensagem, nos dá muita força para continuarmos nesta breve existência.

Leave a Reply to Paolo Roberto Pinheiro Cancel reply