There we go again

E lá se foi a Páscoa. A comemoracão da Páscoa tem várias origens distintas e mais ou menos coincidentes em época. A palavra em português vem do hebraico Pessach ou “Passagem” e marca o êxodo do Egito, aí “passagem” tem a simbologia dupla da passagem pelo mar vermelho e da escravidão para a liberdade (me corrijam se eu estiver falando alguma besteira). Para os cristãos, marca a ressureicão de Cristo, que não deixa também de ser uma passagem de volta à vida, ou ainda a subsequente passagem para a vida eterna e etc… na Europa Pagã esta época marcava as celebracões da primavera, (no hemisfério norte, claro) passagem, passagem, passagem… e o padrão se repete.
Curiosamente, sinto que há também em mim mudancas em curso, mais intensas do que as que ocorrem naturalmente a cada folha arrancada do calendário.

Hoje de manhã senti frio.

Comente de volta!