O mundo é um moinho

Cartola é um dos artistas brasileiros que mais admiro. Ao lado de Pixinguinha, Noel Rosa... (alguém surpreso aí do outro lado? Hahaha, eu nunca conto tudo sobre mim 😛 ) Uma das mais bonitas da música brasileira. Essa é do tipo que você tem que lutar e lutar muito pra não associar com ninguém pra não estragar a música com lembrancas ruins... mas que eu gostaria de ter dito coisas assim em alguns momentos da minha vida, ah queria... mas eu não sou Cartola 😀

E como eu costumo traduzir as músicas que posto aqui, e como a música dos verdadeiros gênios da música brasileira não é exatamente de fácil assimilacão... aqui vai uma excelente "traducão" dessa:
Compositor: Cartola
Intérprete: Cartola
Álbum: Cartola (1976)
O mundo é um moinho

Ainda é cedo, amor
mal começaste a conhecer a vida
já anuncias a hora de partida
sem saber mesmo o rumo que irás tomar

Preste atenção, querida
embora eu saiba que estás resolvida
em cada esquina cai um pouco a tua vida
e em pouco tempo não serás mais o que és

Ouca-me bem , amor
preste atenção, o mundo é um moinho
vai triturar teus sonhos tão mesquinhos
vai reduzir as ilusões a pó...

Preste atenção, querida
de cada amor tu herdarás só o cinismo
quando notares estás à beira do abismo
abismo que cavaste com os teus pés

  21 comments for “O mundo é um moinho

Comente de volta!