Uma jovem senhora de quarenta e poucos anos...

Quando eu a conheci nos apaixonamos à primeira vista, mesmo ela tendo uma certa idade (bem mais que eu, diga-se de passagem), mesmo assim, ela veio morar comigo, depois de ter sido companheira de um conhecido que muito a considerava, mas que não podia mais viver com ela.

Linda com as marcas do tempo e da experiência que só adicionavam a seu charme, porém vaidosa como toda mulher, há anos pedia uma passada por uma clínica estética. E aqui está o resultado:

Eis um pouquinho dela em ação. O som não faz jus à realidade. Depois de ter a parte elétrica toda refeita ela não tem um chiado, tem um som claro e limpo, os potenciômetros delizam como manteiga, mas eu não tenho um amplificador valvulado como ela merecia. Usei um cubo Onerr portátil e um microfone de eletreto comum de PC pra gravar porque os meus Behringer estão emprestados. Ela estava um pouco desafinada, mas ainda assim... 🙂

eko

Nem vou falar sobre a pintura e verniz novos, a regulagem do braço os novos trastes... valeu cada um dos (muitos!) centavos da restauração.

Ficou melhor do que a dele.

  5 comments for “Uma jovem senhora de quarenta e poucos anos...

Comente de volta!