O tempo ruge

O tempo passa rápido demais. Eu nunca consegui entender direito porque.

Às vezes acho que é pelo mesmo motivo pelo qual as coisas pareciam enormes quando éramos criancas: Simplesmente porque éramos pequenos.

Quando você tem 10 anos de idade, um ano representa 10% de sua vida total, uns 20% das suas recordacões.

Aos 20, são 5% do total. Imaginando que você tenha 10 anos de lembrancas nítidas, são 10% das suas experiências.

Aos 30, 3.33% do total e uns 5%.

40: 2.5% e uns 4%
50: 2% e uns 3,5%...
...

Um ano passa a representar cada vez menos, se comparado à existência total do indivíduo, talvez por isso a impressão do tempo passar mais rápido. Segundo meu diretor ( cujas experiência e opiniões respeito sobremaneira) é porque tendemos a gastar cada vez mais tempo "vivendo no automático": no trânsito, ou no metrô, em tarefas repetitivas sem efetivamente usarmos o cérebro adequadamente, apenas repetindo nossas rotinas de forma mecânica.

Seja o que for, eu sei que o tempo está passando rápido demais onde não devia, e devagar demais onde devia ir rápido. Me resta "trabalhar feito doido pra não ficar maluco".

Uma coisa é certa:

A nostalgia não é mais como era antigamente.

  6 comments for “O tempo ruge

Comente de volta!