Liderança: A importância da Transparência

Fala-se muito em liderança, mas pratica-se muito pouco. Em geral as pessoas confundem liderar com comandar. São duas coisas completamente diferentes.

Liderar é uma responsabilidade, comandar é uma circunstância (e não raro reles demonstração)  do poder.

Liderar é ser aberto e conquistar a confiança de seu amigo, de sua namorada, de seu time, de seus filhos.

O comando é uma posição que  pode ser imposta, instituída ou tomada, mas nunca será possível obrigar alguém a confiar em você.

A única forma de se obter confiança é conquistá-la e o primeiro requisito é ser você mesmo confiável. Uma  forma fundamental de demonstrar ser digno de confiança é ser transparente, aberto, saber ouvir e alinhar ações com discurso. Não se pode conquistar a confiança de alguém falando de um modo e agindo de outro, aplicando pequenos coups de etat ou manipulando cordinhas por detrás das cortinas.

Infelizmente, o que vemos por aí são pessoas que almejam o poder, mas não a responsabilidade. Pessoas que são investidas do poder, mas não sabem lidar com pessoas. Pessoas não são meros recursos, números em uma planilha; pessoas são conjuntos complexos de coisas tão subjetivas como alma, desejos emoções e expectativas.

O líder precisa saber reconhecer e satisfazer esses aspectos intangíveis para que as pessoas se sintam motivadas a dar o melhor de si em projetos de qualquer espécie. Técnicos, familiares ou voluntários.

É muito importante saber muito bem do que se está falando ao se liderar pessoas, mas é ainda mais importante saber como falar ou todas as mensagens serão comprometidas.

Lembrem-se disso.

  2 comments for “Liderança: A importância da Transparência

Comente de volta!